Cinco mitos sobre o inferno.

Ao longo dos anos eu tenho encontrado diversos mitos sobre o inferno grudados na teologia popular. Alguns são levados mais a sério que outros, mas eles são todos mitos ativos que dão frutos ruins na vida das pessoas. Esta é uma breve correção em cinco partes.
 O Inferno É Um Lugar Onde Satanás Reina.
Muitas pessoas pensam no inferno como um lugar onde o Diabo reina. É visto como sua casa, ou castelo, ou uma bat-caverna em chamas onde ele elabora planos para destruir a igreja e dominar o mundo. Se não for uma sala de guerra, então é um tipo de calabouço onde o Diabo causa miséria àqueles que foram mandados lá para sofrer.

Mas o inferno não é o castelo do diabo, e ele não ocupa nenhuma posição de autoridade lá. O inferno é a ruína do diabo. É a sua futura prisão eterna e lugar de julgamento (Apocalipse 20:10).
Eu acho que um dos motivos por que as pessoas guardam essa idéia do diabo dominando o inferno é porque, se ele está no inferno ele não está em nenhum lugar perto de nós. Então, pelo menos na mente dessas pessoas, isso o remove de qualquer lugar de influência ou perigo. Ele não está aqui, ele está lá, então nós não precisamos que pensar muito nele afinal. Mas o diabo está aqui. Ele é um perigo muito real e presente. Pedro diz que o Diabo perambula por nossas cidades, subúrbios e áreas rurais procurando gente para devorar (1 Pedro 5:8). Ele não reina no inferno, mas ele de fato procura reinar sobre você e arruiná-lo.

Em tudo isso, nossa esperança e confiança no evangelho é que o diabo foi lançado fora (Lucas 10:17-20) e amarrado (Mateus 12:22-29) por meio do ministério de Jesus, ele é destruído pela obra de Cristo na cruz (Hebreus 2:14-15), e a igreja foi liberta da escravidão e do engano do diabo e acabará por esmagar o enganador sob seus pés (Romanos 16:20). O diabo foi derrotado, mas está esperando seu julgamento final. O inferno é o fim dele, não sua fortaleza.

Autor: Joe Thorn
Fonte: iPródigo/gospelprime